Bico de Papagaio é um nome popular dado a uma das formas da artrose, também bastante conhecida como osteofitose. Se você tem mais de 60 anos e sente dores nas costas, é possível que esteja sofrendo de uma doença popularmente conhecida como bico-de-papagaio, que se manifesta na coluna vertebral. Trata-se de uma forma de artrose, que é o desgaste das articulações do corpo.

bico

O bico-de-papagaio ou a osteofitose se manifesta quando os ligamentos e as cartilagens que envolvem as vértebras se calcificam, como forma de estabilizar a estrutura desgastada. O problema tem maior incidência na região lombar, mas pode atingir outras partes da coluna.

As dores são causadas pela própria rigidez da coluna, na qual as vértebras afetadas pressionam nervos e músculos.

Bico de Papagaio. O que é Bico de Papagaio. Sintomas e tratamento para Bicos de Papagaio, doença na coluna. Tudo sobre osteofitose.

Além da idade, outros fatores podem causar a formação do bico-de-papagaio. Hereditariedade, má postura, obesidade, sedentarismo, fraturas e doenças reumáticas também contribuem para desgastar as articulações e levar à calcificação das vértebras. Porém, quando uma pessoa muito jovem sofre de dor nas costas, a origem do desconforto é muscular em mais de 80% das vezes.

O médicos ortopedistas alertam que a osteofitose ou Bico de Papagaio não tem cura, mas pode ser controlada.

“É um processo irreversível e progressivo, mas 95% dos casos são leves e têm controle mais fácil. Fisioterapia e correção postural ajudam a recuperar a estabilidade e, em casos extremos, há cirurgias e próteses para compensar o desgaste e a calcificação.” explica um dos ortopedistas.

Também existem medicamentos recentes para tratar a artrose, capazes de prevenir o depósito de cálcio nas regiões afetadas, como por exemplo o suplemento NQI e o Magneflex. Para amenizar os desgastes das cartilagens pode-se utilizar o Osteobiflex ou glucosamina com condroitina.

Para a dor, são indicados analgésicos e antiinflamatórios. “Seguindo certos cuidados e utilizando a medicação correta, a pessoa consegue controlar a doença e os sintomas satisfatoriamente. Dá para viver bem com isso”, complementa o médico ortopedista.

Nas radiografias ou tomografias a imagem da artrose aparece como pequenas saliências ósseas que são os BICOS DE PAPAGAIO.

Estes aparecem nas FACETAS ARTICULARES e nos CORPOS VERTEBRAIS. Estas alterações juntamente com as degenerações ou desgaste dos discos intervertebrais são as grandes causas das DORES NAS COSTAS ou pelo menos o seu fator desencadeante mais comum.

Na verdade os “bicos de papagaio” são uma forma de proteção do nosso organismo na tentativa de estabilizar a coluna vertebral. Com o desgastes das articulações da coluna, acabam ocorrendo “folgas” na coluna, essa instabilidade faz com que o nosso corpo forme osso na tentativa de segurar a coluna na sua anatomia correta, em uma tentativa de criar estabilidade.
Sendo assim, o bico de papagaio, ou melhor, o osteófito como é conhecido pelos médicos, é uma tentativa do nosso organismo de manter a estabilidade da coluna, sendo que os movimentos anormais e que sobrecarregam a coluna vertebral os grandes causadores da dor.

Tudo sobre bico de papagaio: O que é, sintomas, tratamento, bico de papagaio na coluna, bico de papagaio no pescoço, osteofitose e osteófitos.

E como prevenir o Bico de Papagaio?

“Exercícios regulares de baixo impacto reforçam os músculos que dão sustentação à coluna. Também é necessário controlar a postura, principalmente no ambiente de trabalho”, recomendam os especialistas. O acompanhamento médico constante também pode fazer diferença. “É preciso ficar atento em relação a eventuais dores na coluna vertebral. Agindo precocemente a pessoa pode evitar que o problema se agrave, sobretudo nos casos de má postura”, alerta o ortopedista. Ao trabalhar no computador, por exemplo, ele considera importante usar cadeira giratória, com apoio para os braços e os pés, além de suporte para os pulsos no teclado.

Nos modernos livros-texto de reumatologia não há a preocupação em conceituar-se reumatismo. Realmente, a diversidade de doenças reumáticas existentes impede uma definição que abranja adequadamente todas elas pois os mecanismos causadores das doenças e os órgãos atingidos variam bastante.

Mas o Bico de Papagaio, ou Osteófitos, é uma doença reumática que apesar de não ter cura, na maioria dos casos tem um fácil controle.

Se você nunca se preocupou com a saúde das suas costas, adotando posturas erradas e movimentos inadequados, saiba que essas são as principais causas da dor nas costas. Com o passar do tempo, vai ocorrendo um desgaste das articulações da coluna, podendo levar à degeneração dos discos intervertebrais (hérnia de disco) e à osteofitose (bico de papagaio).

Em um grande número de casos de dor nas costas, não se chega a um diagnóstico claro. Geralmente, no decorrer do tempo, vários fatores de risco atuam em conjunto ocasionando a dor: condicionamento físico deficiente, má postura, mecânica anormal dos movimentos, pequenos traumas, esforço repetitivo, etc..

Várias estruturas da coluna podem causar dor, incluindo os ligamentos que conectam as vértebras, fibras externas do disco intervertebral, músculos, vasos sanguíneos e raízes nervosas.

Fonte: http://www.saudecominteligencia.com.br/bico-de-papagaio.htm